Redução de custo na empresa: como evitar o desperdício de produtos de higiene?

Redução de custo na empresa: como evitar o desperdício de produtos de higiene?

redução de custo na empresa

A redução de custo na empresa é um assunto recorrente em toda organização, isso porque acontece uma otimização dos recursos financeiros para se obter lucro e permitir o crescimento. Isso não significa que os gastos devem ser reduzidos a ponto de perder na qualidade e prejudicar os negócios ou pessoas.

Optar por produtos mais baratos e de qualidade inferior, em um primeiro momento, parece ser um grande negócio. Com o passar do tempo, se percebe que essa redução de custo na empresa virou um gasto maior do que o previsto.

Essa regra é válida para diversos itens, como insumos produtivos, material de escritório e produtos de higiene. Esse último é essencial em uma organização e pode fazer a diferença no orçamento.

Redução de custo na empresa: otimizando o uso de produtos de higiene

Não se pode negar que em uma empresa não pode faltar papel higiênico, papel toalha e sabonete para as mãos. Esses materiais impactam nas finanças da empresa, entretanto, a diferença entre serem um gasto ou investimento dependerá do desperdício.

É possível conseguir a redução de custo na empresa investindo em produtos de higiene de boa qualidade. Os produtos mais baratos e inferiores não duram e exigem uma maior quantidade para fazer o mesmo efeito.

Toalha de mão

Quando se compra uma toalha de mão de baixa qualidade, o desperdício começa antes das folhas saírem do dispenser. Por serem finas, ao puxar, elas começam a rasgar e é quase impossível tirar uma inteira. Nisso se perde pelo menos uma folha, afinal não tem como secar as mãos com pedaços picotados de papel, pois eles grudam.

Existe também a questão da capacidade de absorção. Se o objetivo é fazer uma redução de custo na empresa prefira as toalhas de qualidade, pois, com apenas 3 folhas elas deixam as mãos bem secas e sem papel grudado. Já as inferiores são usadas em maior quantidade e nada impede que elas rasguem durante a secagem.

Leia também: Produtos de higiene pessoal que não podem faltar na sua empresa

Sabonete líquido

Com o sabonete líquido acontece algo parecido: os de baixa qualidade mal fazem espuma e precisam de uma quantidade maior para lavar bem as mãos. Um produto melhor, além de exigir pouca quantidade, vai ajudar a cuidar da pele, pois não resseca.

O dispenser, nesse caso, pode ser fundamental. A manutenção precisa estar em dia, caso contrário ficará vazando sabonete na pia e ele será totalmente perdido.

Essa mesma regra é válida para os demais produtos de higiene, pois, não adianta comprar uma quantidade X e pagar pouco se ela vai durar poucos dias. Às vezes, vale pagar um pouco mais sabendo que a duração da mesma quantidade será maior e que o custo final será, por consequência, menor.

É aquela velha história: o barato sai caro. Isso porque se pensa apenas no preço de compra e não no custo total, que deve incluir durabilidade, uso e reposição.

Outro ponto que pode ajudar na redução de custo na empresa está relacionado ao pessoal. Conscientizar os colaboradores para que eles não desperdicem pode ser um grande aliado. Ao explicar a forma correta de utilização e o impacto que o uso incorreto provoca, ganha-se aliados e fica mais fácil garantir a economia.

Quando pensar na redução de custo na empresa, lembre-se que ela só pode ser feita quando se investe na qualidade.

Receba Novidades em seu e-mail

Topo